A Escola

Histórico

O Centro Educacional Leonardo da Vinci foi fundado nos idos de 1990, por iniciativa de Maria Helena Salviato Biasutti Pignaton e José Antônio Gorza Pignaton, educadores com histórico de longa data na busca de educação de qualidade, desejosos por edificar um espaço em que partilhassem com educadores e alunos a intencionalidade educativa e a sensação de pertença; que esse espaço fosse repleto de possibilidades prazerosas e propiciasse um currículo transformador, aliando manutenção e inovação, e em que os currículos explícito e oculto difundissem ideais e utopias em educação, sem perder o senso de realidade.

O projeto, por demais ousado para sua época, contou com a acolhida de um número expressivo de pais de alunos, que aportaram recursos num centro mais pautado no ideário e no projeto educativo do que em instalações físicas ou recursos pedagógicos. Nosso pioneirismo em educação mantém-se como uma marca institucional, acalentada desde a fundação e regada cotidianamente.

foto-aerea-de-1990

Perfil Institucional

A instituição atua da Educação Infantil ao Ensino Médio, primando pela formação integral de homens, contextualização de saberes, perspectiva cultural. Detém contingente fixo de alunos desde a fundação, embora tenha experimentado, ao longo de sua trajetória, sensíveis avanços em gestão, instalações físicas, formação em serviço, projetos de trabalho, recursos metodológicos, impactos sobre o entorno. É reconhecida e premiada como um centro de excelência em educação e polo irradiador de cultura.

Pioneira em muitas frentes educativas, misto de manutenções, inovações e ressignificações, a Escola conjuga as vertentes acadêmica e humanista, dando sentido à educação como agente de transformação social; oportunizando em seus professores/alunos a aquisição de conhecimentos técnico-científicos, a educação estética e ética, a apropriação de diferentes códigos/linguagens, o desenvolvimento de habilidades cognitivas e  atitudinais. Visa a formar pessoas aptas a conviver com a realidade, local e globalmente, conscientes de sua condição frente ao mundo, participantes ativos, criativos e criadores na transformação do contexto e de si próprio, no exercício da cidadania.

O diferencial do Da Vinci transparece no aprimoramento de seus projetos institucionais e na abertura de novas frentes de trabalho, a fim de acompanhar as demandas de mercado e dialogar com tendências contemporâneas, sem recair em modismos. Escola reflexiva, prepara cidadãos para o estar-no-mundo, investindo num mosaico de vivências que tornam a pluralidade uma marca institucional.

8